Partilhamos abaixo um vídeo de António Vilela com imagens da tradicional 'Feira dos Vinte' 2017 na Vila de Prado, Vila Verde:






Partilhamos abaixo uma vídeo-reportagem do evento "Caldo do Pote" de Sabariz, Vila Verde, em Dusseldorf na Alemanha:




Partilhamos abaixo o comunicado onde o vereador José Morais do Município de Vila Verde questiona Presidente da Câmara acerca da parceria público-privada "Pro Vila Verde S.A.":




Foi emitida hoje a partir da Vila de Prado, Vila Verde uma vídeo-reportagem no 'Primeiro Jornal' da SIC sobre a 'Feira dos 20' 2017.



Vilaverdense José Manuel Fernandes acaba de ser reeleito coordenador do Partido Popular Europeu (o maior grupo politico no Parlamento Europeu) na Comissão dos Orçamentos, partilhamos abaixo a sua publicação no seu facebook. 




O próximo jogo do Vilaverdense contra Montalegre no próximo domingo dia 22 de janeiro de 2017 às 15h00, em Vila Verde terá entrada livre!




A Vila de Prado, Vila Verde, prepara-se para mostrar que a chama da tradição está bem acesa numa vila que se orgulha das suas raízes e que encontra no legado deixado pelos antepassados a força para construir o presente e preparar o futuro.
imagens das obras de novo abrigo para animais abandonados que está a nascer em Vila Verde




Está a ser construído um novo abrigo para animais abandonados, veja abaixo a mensagem e o vídeo de António Vilela, Presidente do Município de Vila Verde, com as primeiras imagens das obras em curso:




Partilhamos abaixo um vídeo do fotográfo vilaverdense Luis Ribeiro com imagens da Praia da Rio Homem ao início da manhã quando o termómetro ainda marcava uma temperatura negativa:




O Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, António Vilela, emitiu na passada sexta-feira 13 de sobre a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Vila Verde, partilhamos abaixo este comunicado:

“Mais uma vez nos últimos dias Vila Verde e as suas instituições tem sido alvo de noticias pela negativa. De facto, têm corrido na comunicação social e nas redes sociais notícias e comunicados que em nada contribuem para o desenvolvimento do concelho e só criam instabilidade no seio das instituições que nos merecem o maior respeito.

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Verde (AHBVVV), os seus órgãos dirigentes e o seu corpo ativo são merecedores do maior respeito. De facto, não merecem ser tratados da forma como tem acontecido. Da minha parte nunca ousarei desrespeitar quer a instituição, quer os seus dirigentes, quer ainda todos os homens e mulheres que ali prestam serviço de socorro e de defesa dos bens dos Vilaverdenses.

Como não posso pactuar com os factos que estão a ser veiculados relativos ao funcionamento desta instituição e dos seus órgãos, por isso, sinto-me na obrigação de os esclarecer, uma vez que existe uma tentativa deliberada e descarada de deturpar e de enganar novamente os Vilaverdenses.

Relativamente às expressões veiculadas por alguns interlocutores da vida politica local, designadamente o “saneamento politico do Comandante” pelo Presidente da Câmara, informo o seguinte:

- A direção dos Bombeiros de Vila Verde nunca em momento algum me solicitou qualquer informação relativamente à designação do comandante, ao seu desempenho ou sobre a sua continuidade. Não tenho por isso qualquer responsabilidade nestes atos enquanto Presidente da Câmara, nem como simples associado, como orgulhosamente sou;

- A decisão de não renovação da comissão de serviço do comandante foi tomada sim pelos corpos sociais em exercício de funções e democraticamente eleitos;

- Essa decisão foi tomada em reunião de direção, convocada para o efeito, onde promoveu com base em argumentos uma votação. De acordo com informação que é do conhecimento de todos, nesta reunião participaram oito dos nove elementos que dela fazem parte. Colocada à votação deliberou a direção com 7 votos a favor e 1 contra não renovar a comissão de serviço do comandante, com base num documento fundamentado;

- Desta decisão recorreu o comandante para a Comissão Arbitral, constituída pelo senhor presidente da Assembleia Geral da AHBVVV, um representante da Associação Nacional de Proteção Civil e um representante da Liga dos Bombeiros. Após uma análise deste processo, deliberou também aquela comissão, por unanimidade, dar razão à direção da AHBVVV.

Assim, realizada esta resenha histórica e sendo TODOS os atores políticos de Vila Verde conhecedores destes factos, é de lamentar que estejam deliberadamente a procurar desviar as atenções, em vez de darem um contributo positivo para que a AHBVVV conheça o caminho da paz e da estabilidade para exercerem a sua tão nobre atividade.

De facto, mais uma vez alguns interlocutores locais através de comunicados, a que já estamos habituados prestaram um péssimo serviço ao concelho, a esta instituição e aos Vilaverdenses. Perante esta situação, ninguém pode ficar indiferente muito menos, quem como eu, tem a responsabilidade e a missão de defender Vila Verde e os Vilaverdenses.

Da minha parte e do município de Vila Verde a AHBVVV apenas pode contar com cooperação, respeito e apoio.

Aos elementos do corpo ativo deixo neste momento a minha solidariedade, o carinho, a minha disponibilidade para continuar a colaborar e o meu reconhecimento por tudo aquilo que têm feito em beneficio das pessoas e de Vila Verde.

Esta postura de promoção de uma falsa e alarmista imagem negativa de Vila Verde, já recorrente, da parte destes interlocutores locais sempre foi feita numa tentativa deliberada e permanente de criar instabilidade e casos que promovam entrave ao progresso e à modernização do concelho, nem que para isso seja preciso denegrir a imagem das instituições.

Da minha parte os Vilaverdenses e as instituições do concelho de Vila Verde sabem que só podem contar com todo o meu empenho, dedicação e colaboração para as valorizar e ajudar na sua atividade. É com todas as instituições que nós queremos continuar a colocar na linha da frente a defesa do concelho e do seu património e a valorização dos seus recursos, para que os vilaverdenses tenham acesso a uma qualidade de vida cada vez melhor.

Nada nos desviará deste rumo.

Vila Verde, 13 de janeiro de 2017
O Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde
António Fernando Nogueira Cerqueira Vilela”